segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Com segundo tempo eletrizante, Voltaço vence URT (MG) e avança na Série D

O Rio de Janeiro segue sendo representado na Série D do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (31) no Estádio Raulino de Oliveira, o Volta Redonda derrotou a URT (MG) por 2 a 0, em um jogo com três expulsões e com direito a provocação do técnico Felipe Surian ao treinador da equipe mineira, Magela Rodrigues.

Nas oitavas-de-final, o Volta Redonda vai encarar o Anápolis (GO), que eliminou a Caldense (MG) nos pênaltis, após dois empates por 1 a 1. A primeira partida será no próximo domingo (07/08), no Estádio Jonas Duarte.

Primeiro tempo com pouca emoção e sem gols

Mesmo tendo a vantagem do empate por 0 a 0, o Volta Redonda começou a partida atacando e teve duas boas oportunidades com David. Primeiro, o atacante aproveitou cruzamento de Michel Cury da direita e cabeceou, mas Pablo fez a defesa. Em seguida, Luís Gustavo cruzou, mas ele não conseguiu chegar a tempo para finalizar de carrinho a gol.

Na segunda metade do segundo tempo, a URT cresceu na partida. Aos 27 minutos, Marcio afastou mal, Michel Paulista ficou com a bola, avançou e chutou da entrada da área, mas Mota fez a defesa com tranquilidade. O time mineiro passou a ter mais posse de bola, porém, não finalizava a gol e a primeira etapa acabou com o 0 a 0 no placar.

Em segundo tempo com três expulsões, Voltaço vence e avança

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, o Volta Redonda abriu o marcador. Michel Cury cobrou falta para a área e de cabeça, David mandou para o fundo das redes. O gol abalou a URT que não conseguia assustar a meta do Voltaço, que passou a dominar inteiramente a posse de bola. A vantagem do Tricolor de Aço também passou a ser numérica, pois aos 24 minutos, Luan acertou Marcos Junior com a partida paralisada e foi expulso diretamente, pois não tinha cartão amarelo.

Porém, Ayrton foi expulso de maneira infantil. Aos 34 minutos, o atacante já tinha cartão amarelo e em uma jogada que já estava parada, chutou a bola a gol, levou o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo deixando as duas equipes com dez. Entretanto, dois minutos depois, Guilherme fez uma falta criminosa em Cristiano e assim como Luan, foi expulso diretamente.

Com a vantagem numérica, o Voltaço matou o jogo no fim. Aos 26 minutos, Michel Cury avançou pela esquerda, tocou para João Cleriston, que passou por dois marcadores, invadiu a área e encheu o pé, contando com o desvio da defesa para fazer 2 a 0 e colocar o Volta Redonda nas oitavas-de-final da Série D do Campeonato Brasileiro.

A partida
Volta Redonda 2x0 URT (MG)
Série D do Brasileiro, jogo de volta da segunda fase - 31/07/2016
Estádio Raulino de Oliveira (Volta Redonda-RJ)
Árbitro: Alinor Silva Paixão (MT)
Assistentes: Marcelo Grandu (MT) e Jackson Timóteo Lopes (MT)
Volta Redonda: Mota; Luís Gustavo (Pedro Isidoro 32’/2ºT), Daniel Felipe, Marcio e Cristiano; João Cleriston, Marcos Junior, Michel Cury e Rafael Pernão (Ayton 18’/2ºT); Dija Baiano e David (Douglas Pedroso 14’/2ºT). Técnico: Felipe Surian.
URT (MG): Pablo, Emerson (Guilherme - intervalo); Daniel Cocada, Luan e Iury (Cássio 32’/2º); Yan (Rico - intervalo), Alê, Capela e Michel Paulista; Pedrinho e Tony. Técnico: Magela Rodrigues.
Cartões amarelos: Ayrton, Daniel Felipe, Luís Gustavo e Rafael Pernão (VRE); Alê e Emerson (URT)
Gols: David 4’/2ºT (1-0); João Cleriston 46’/2ºT (2-0)
Público: 661 pagantes (842 presentes)
Renda: R$ 3.390,00

Fonte: FutRio

domingo, 24 de julho de 2016

Pela Série D, Voltaço conquista importante empate fora de casa contra URT

Ficou para a volta. URT e Volta Redonda entraram em campo na tarde deste domingo, no Zama Maciel, em Patos de Minas, com metas bem distintas em relação ao confronto valendo vaga nas oitavas de final da Série D do Brasileiro. Se o time da casa queria decidir a disputa no primeiro jogo, os visitantes se contentavam com placar magro, sem sustos. Susto para o torcedor do Voltaço até houve, mas o goleiro Mota, em grande atuação individual, garantiu o empate por 1 a 1. David abriu o placar para o clube fluminense e Michel Paulista, de pênalti, igualou.

O jogo de volta entre as duas equipes está marcado para o próximo domingo, às 16h, no Raulino de Oliveira. Igualdade sem gols dá vaga ao Voltaço nas oitavas da Série D.

O Jogo

A URT começou o jogo com mais posse de bola, tentando trabalhar jogadas e fazer valer o fator casa. Com postura mais conservadora, o Volta Redonda se fechou para resistir à pressão inicial. Após os primeiros minutos, o time fluminense começou a responder às investidas dos mandantes com jogadas rápidas que levaram perigo, principalmente com Dija Baiano, que deu trabalho para o goleiro Pablo. As melhores chances, no entanto, foram mesmo da URT. Com dificuldade para entrar na área, uma vez que o time visitante jogava com todos atrás da linha da bola, chutes de fora eram a opção. Michel Paulista e Tony arriscaram e obrigaram Mota a fazer boas intervenções. Na melhor oportunidade da etapa inicial, aos 43, Michel encontrou Tony na área, que bateu no alto e o goleiro do Voltaço novamente evitou a abertura do marcador.

Disposto a decidir o confronto, o time da casa voltou incendiando a partida no segundo tempo. Nos primeiros cinco minutos, a meta de Mota foi ameaçada em três ocasiões. Mas enquanto a URT batia na porta, o Voltaço aproveitou. Aos 11, Luís Gustavo escapou da marcação e acionou Osmar. O lateral cruzou para David, que cabeceou com estilo para abrir o placar. O castigo, no entanto, não durou muito. Dez minutos depois, Pedrinho foi derrubado por Osmar na área. Pênalti. Michel Paulista cobrou com força no alto, no canto direito do goleiro, para deixar tudo igual. A URT seguiu melhor, mas sem conseguir recriar as oportunidades do início da etapa, e o jogo terminou assim: 1 a 1.

URT-MG 1 x 1 Volta Redonda
(24/07/16 – Estádio Zama Maciel – 16h)
Volta Redonda: Mota; Osmar, Daniel Felipe, Márcio Paraíba e Cristiano; João Cleriston, Marcos Júnior e Michel Cury; Luís Gustavo, Dija Baiano e David Batista. Técnico: Felipe Surian.
Gol: David Batista

Fonte: GE

sexta-feira, 22 de julho de 2016

“Sabemos a importância de marcar fora de casa”, diz Surian

Após cinco anos sendo eliminado na primeira fase da Série D, o Voltaço novamente conseguiu avançar na competição. E já no primeiro jogo da série mata-mata, neste domingo (24), joga com um adversário conhecido. O Tricolor de Aço vai a Patos de Minas enfrentar a URT. O clube mineiro estava no mesmo grupo que o Volta Redonda na fase de grupos e, após dois confrontos, melhor para o time comandado por Felipe Surian, com uma vitória por 1 a 0 e um empate sem gols, em Minas Gerais.

O Voltaço possui números animadores nesse início de competição. Ao lado de Caldense e São Bento, é o time com a defesa menos vazada, com apenas um gol sofrido. Além disso, tem o sexto melhor ataque e está invicto na Série D, tendo um aproveitamento de quase 80%.
Uma das dificuldades no campeonato é o levantamento de dados dos adversários. De acordo com Surian, facilita um pouco enfrentar uma equipe que ele já conhece e sabe a maneira de jogar.

– Enfrentar um adversário que nós já conhecemos ajuda pelo motivo de sabermos como eles se comportam em determinadas situações. Mas ficou esquisita a elaboração da competição, porque nós ficamos na terceira colocação geral e se fosse um regulamento diferente iríamos enfrentar uma equipe um pouco mais enfraquecida. O URT esteve entre os melhores segundo colocados na fase de grupo. O que temos que fazer agora é um bom jogo fora de casa e trazer um resultado positivo para semana que vem conseguir a classificação – falou.

Experiente na Série D, Surian era auxiliar técnico do Tupi em 2011, ano que o clube mineiro eliminou o Voltaço nas oitavas de finais e foi campeão do torneio. Com a reformulação do Brasileirão, a dificuldade aumentou. A possibilidade de uma eliminação cresceu junto com o acréscimo de partidas mata-mata.

– Estou indo para minha quinta ou sexta Série D, antes havia duas partidas no formato mata-mata, agora tem três, o que dificulta ainda mais. É muito mais difícil você subir da D para C, do que da C para a B. Estamos organizados, focados e cientes de que não podemos perder em hipótese algumas, sabemos também a importância de marcar fora de casa – explicou.

Experiência na defesa
Entre os destaques do Voltaço no Brasileirão, está a defesa. O time tomou apenas um gol, contra a Desportiva Ferroviária, fora de casa. Com a saída de Luan, na primeira rodada da competição, e agora, Maílson, a dupla de zaga campeã da Taça Rio se desfez. Mas os substitutos imediatos, Daniel e Márcio, agradaram Surian.

– Com a saída do Maílson e também do Luan, a zaga perde um pouco no sentido do entrosamento. Perdemos um jogador de referência (Maílson), tanto para o grupo como para a torcida, mas os atletas que entraram no lugar estão desempenhando um bom trabalho. O Daniel vem jogando bem, fez uma boa partida contra o Goianésia, o Márcio também está mantendo uma regularidade e acredito que o fator experiência deles vai contar muito para ajudar o time – finalizou.

Fonte: Saída de Bola

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Federação fecha tabela oficial da Copa Rio com 14 participantes ao todo

A FERJ divulgou na tarde desta terça-feira (19) a tabela oficial da Copa Rio com todos os participantes definidos, seus estádios e datas dos jogos. A princípio o regulamento previa um total de 16 clubes, mas somente 14 irão disputar a competição estadual, que terá início em 17 de agosto. Serão duas chaves com sete times cada. São Gonçalo e Goytacaz, que anunciaram suas participações na segunda (18), foram os últimos incluídos. Ficaram sem donos duas vagas referentes a clubes da Série A (7A e 8A). Confira:

Grupo A: Angra dos Reis, Bangu, Friburguense, Madureira, Queimados, Sampaio Corrêa e São Gonçalo EC
Grupo B: America, Boavista, Goytacaz, Portuguesa, Resende, Rio São Paulo e Volta Redonda

Rodada de abertura:
Madureira x Volta Redonda - Aniceto Moscoso
Bangu x Resende - Moça Bonita
Friburguense x Goytacaz - Eduardo Guinle
Queimados x Boavista - Nivaldo Pereira
Angra dos Reis x America - Jair Toscano
Sampaio Corrêa x Portuguesa - Louvival Gomes de Almeida
São Gonçalo EC x Rio São Paulo - Alzirão

Fonte: FutRio

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Maílson dá adeus ao Voltaço e acerta retorno ao futebol indiano: "Até logo"

A defesa do Volta Redonda perdeu a segunda peça importante durante a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. Luan já havia deixado o clube para jogar na Moldávia e agora é Maílson quem faz as malas: vai defender o Northeast United, retornando ao futebol indiano, onde foi campeão nacional pelo Chennaiyin, no ano passado.

— Queria agradecer a toda a diretoria, a parte da comissão técnica e a todos os jogadores que me acolheram e me receberam com o maior carinho. Sem deixar também de dar os parabéns e agradecer o apoio dos torcedores - disse, em entrevista, por telefone, ao GloboEsporte.com.

Titular absoluto desde que chegou ao Voltaço, o zagueiro, de 28 anos, caiu nas graças da torcida e do técnico Felipe Surian. Ajudou o Voltaço a ficar entre os oito melhores na primeira fase do Carioca e depois coroou a campanha com o título da Taça Rio e a vaga na Série D.

A apresentação no Northeast United está marcada para o dia 5 de agosto, na Austrália, onde o clube fará a pré-temporada. O compromisso de Maílson vai até o dia 22 de dezembro, quando termina a Superliga Indiana. O salário não foi divulgado, mas o acordo prevê bônus por títulos, classificações para competições continentes e até para jogos que terminarem em 0 a 0.

— O mercado asiático, hoje em dia, tá sendo um dos melhores mercados pro futebol. Fui campeão lá, e fui campeão aqui. Meu trabalho foi muito valorizado depois da minha passagem pelo Volta Redonda. Foi uma proposta irrecusável e não tinha como eu deixar essa oportunidade passar. - justificou Maílson.

De longe, Maílson vai continuar na torcida pelo irmão, Márcio Paraíba, com quem fez dupla de zaga nos últimos jogos, e pelo acesso do Volta Redonda na Série D. O time se classificou em primeiro lugar no grupo A12 e vai encarar a URT-MG na primeira fase do mata-mata.

— Até logo... Fui muito feliz de vestir essa camisa, quero agradecer cada um da família Voltaço. Desejo toda sorte nessa caminhada, que seus objetivos sejam alcançados. Muito obrigado! - publicou Maílson em seu perfil no Facebook.

Fonte: GE

domingo, 17 de julho de 2016

Voltaço goleia o Goianésia e garante primeira colocação do grupo

No dia do 62º aniversário da cidade de Volta Redonda, o Volta Redonda FC fez a alegria dos torcedores que foram ao Raulino de Oliveira acompanhar a partida contra o Goianésia-GO. Com gols de Marcos Júnior, Dija Baiano e dos pratas da casa Luquinha e Pablo, o Tricolor de Aço goleou, por 4 a 0, a equipe goiana e garantiu a primeira colocação do grupo A12.

Na segunda fase da Série D, o Voltaço irá enfrentar a URT-MG. A primeira partida do mata-mata será no Estádio Zama Maciel, em Pato de Minas, em Minas Gerais. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda não divulgou a data e o horário do jogo.

O jogo

O Volta Redonda começou a partida pressionando o Goianésia no campo de defesa. Aos seis minutos de jogo, após boa triangulação no ataque, Rafael Pernão tocou para Dija Baiano na entrada da área. O atacante bateu cruzado, mas Luan fez a defesa. Porém, não demorou para a pressão tricolor se transformar em gol. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Marcos Júnior cabeceou para o gol, abrindo o placar aos nove minutos.

O segundo tricolor quase saiu aos 31 minutos. Dija Baiano recebeu de Marcos Júnior e tocou para David Batista na entrada da área. O atacante bateu cruzado e a bola passou perto da trave esquerda de Luan.  Por sua vez, o Goianésia só conseguiu dar o seu primeiro chute aos 34 minutos. Kaio arriscou da entrada da área e a bola saiu à esquerda do gol de Mota.

Entretanto, foi o Voltaço que quase marcou no último lance do primeiro tempo. Luís Gustavo fez boa jogada individual pela esquerda e bateu cruzado. O goleiro do Goianésia fez a defesa e, no rebote, Dija Baiano bateu para o gol, mas a bola bateu na trave e saiu para a linha de fundo.

Assim como no primeiro tempo, o Tricolor de Aço voltou dos vestiários pressionando o Goianésia. Aos três minutos, Michel Cury lançou David Batista na área, o atacante tricolor encobriu o goleiro do Goianésia e a bola, caprichosamente, bateu na trave e voltou para as mãos de Luan.

Com o relógio marcando 20 minutos do segundo tempo, em dois lances seguidos, os pratas da casa apareceram para ampliar a vantagem do Tricolor de Aço. Dija Baiano roubou a bola e tocou para Luquinha bater forte e marcar o segundo. Dois minutos depois, Michel Cury recebeu em velocidade e tocou para Pablo empurrar para o fundo das redes e marcar o terceiro aos 22 minutos.

Aos 37 minutos, Henrique, que tinha acabado de entrar, foi cruzar e a bola bateu na mão do zagueiro adversário. Pênalti para o Voltaço. Dija Baiano foi para a cobrança e bateu no canto direito para marcar o quarto gol e fechar a goleada tricolor.

Campeonato Brasileiro – Série D – 6ª rodada do grupo A12
Volta Redonda 4 x 0 Goianésia-GO
( 17/07/16 – Estádio Raulino de Oliveira – 18h)
Volta Redonda: Mota; Osmar, Márcio Paraíba, Daniel e Luís Gustavo; Pablo (Douglas Pedroso), Marcos Júnior e Michel Cury (Henrique); Dija Baiano, Rafael Pernão (Luquinha) e David Batista. Técnico: Felipe Surian.
Gols: Marcos Júnior, Luquinha, Pablo e Dija Baiano.
Cartão Amarelo: George
Público: 634 presentes (430 pagantes).

Foto: Dalila Almeida

terça-feira, 12 de julho de 2016

Mota comemora classificação mas pede que humildade continue no Voltaço

O Volta Redonda já garantiu sua vaga na próxima fase da Série D do Campeonato Brasileiro, após o empate por 0 a 0 com a URT (MG) no último domingo (10). O goleiro Mota comemorou muito a classificação antecipada, mas afirmou que a equipe não pode deixar o ritmo cair.

- A felicidade é gigantesca pela classificação. Enfrentamos equipes difíceis, mas conseguimos implementar uma filosofia de jogo e isso é importante. Temos que manter o foco. Passamos pela primeira fase, mas é preciso seguir com humildade. Temos um padrão e uma boa base desde o Estadual. Isso ajuda muito. Agora vamos jogar em casa na última rodada e temos que vencer para confirmarmos a primeira colocação do grupo. Não podemos deixar o ritmo cair - frisou o atleta.

Até agora na Série D do Campeonato Brasileiro, o Volta Redonda só sofreu um gol, para a Desportiva Ferroviária (ES), sendo a terceira melhor defesa da competição, atrás apenas de Caldense (MG) e São Raimundo (AM), que não sofreram gols. Mota comemorou a sua boa fase em 2016, mas dividiu os méritos com os companheiros.

- Temos um sistema defensivo sólido. É tudo fruto de um trabalho bem direcionado. Mas a galera da frente também é importante nesse quesito. Realmente é um ano diferenciado na minha carreira, mas eu divido os méritos com meus companheiros. Chegar a esse nível é complicado, mas difícil mesmo é manter. Teremos uma semana cheia e vamos absorver tudo de bom para manter a primeira colocação do grupo - disse.

Na última rodada da fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro, o Volta Redonda recebe o Goianésia (GO) no Estádio Raulino de Oliveira, às 18h.

Fonte: FutRio